A Vizinha

| quinta-feira, 5 de março de 2009 | |
A minha vizinha todos os dias canta uma espécie de cantilena macabra que repete até a exaustão até à hora do jantar: Kling-Klang-Crssshhh-Kling-Klang-Crshhh.
-É o som que fazia a máquina com que eu trabalhava na fábrica, já não consigo passar sem ele.
Começou com este monocórdico ritual depois de ter sido despedida. Abana-se para a frente e para trás, sentada num banco de madeira e canta: Kling-Klang-Crsssshhh-Kling-Klang.

1 comentários:

calamity Says:
11 de março de 2009 às 21:37

tempos modernos
:)
http://demoniosnocabelo.blogspot.com/2009/03/ai.html