À Noite

| quarta-feira, 11 de março de 2009 | |
Olhou o relógio e viu que tinha passado exactamente um minuto desde a última vez que viu as horas. Rebolou na cama. Coçou os calcanhares e por simpatia sentiu comichão na barba. Coçou. A comichão espalhou-se e em pouco tempo já tinha coçado o corpo inteiro. Olhou outra vez para o relógio, passou mais um minuto. Rebolou para o outro lado. Contou ovelhas até à exaustão. As ovelhas fartaram-se e fizeram greve. Reuniu-se com o delegado sindical das ovelhas: queriam pagamento das horas extraordinárias e férias remuneradas. Que não, que não podiam parar de saltar a cerca, logo agora que ele tanto precisava delas. As ovelhas mostraram-se unidas e inflexíveis. Olhou para o relógio, mais um minuto «Se calhar está avariado». Começou a contar carneiros, mas estes não eram tão fofos como as ovelhas; faziam muito barulho com os cascos e às vezes saltavam aos pares. No meio da confusão apareceu um cão pastor e a desordem total instalou-se. As ovelhas não arredavam pé com as suas bandeiras negras e os seus gritos de ordem e os carneiros corriam desalmados apavorados com o cão, a cerca tinha sido destruída e ele assistia impávido ao espectáculo. De repente apareceu um Pastor com uma voz bem modulada que anunciou «são 7h00 em Portugal Continental, 6h00 nos Açores, está a ouvir a Remulak FM». Levantou-se, afastou a nuvem de pensamento com a mão e foi fazer café.

2 comentários:

Fallen Angel Says:
11 de março de 2009 às 21:31

Podia ser um episódio do Shawn the Sheep em que ele se filia na CGTP:)

El Matador Says:
11 de março de 2009 às 22:25

Podia.