Aos que lá ficaram

| sexta-feira, 20 de março de 2009 | |
A professora resolveu vingar-se de anos de abusos. Com uma fita preta a apanhar-lhe o cabelo, pinturas de guerra na cara e armada até aos dentes saiu decidida para a escola. Agora todos iriam provar da vingança da heroína, que dito assim até parece outra coisa, não queriam aprender a bem mas agora iam aprender a mal. Entrou na sala de aula e disparou indiscriminadamente sobre os energúmenos dos alunos que choravam e gritavam pela mãe. «Aprendam camelos, aprendam!» gritava a professora e ria desalmadamente enquanto largava a caçadeira de canos serrados e mudava para a AK47. Estava numa matança desenfreada que até dava gosto vê-la quando se desequilibrou e caiu da cama. Bateu com a cabeça na mesinha de cabeceira e chorou muito, não de dôr, mas por ter acordado.

5 comentários:

calamity Says:
20 de março de 2009 às 18:51

pensei que dispararia livros e páginas e eles os engoliriam ...:(

El Matador Says:
20 de março de 2009 às 18:59

Se calhar tentou e eles não engoliram.

Fallen Angel Says:
20 de março de 2009 às 20:01

Deve ter tentado disparar conhecimento durante muito tempo enquanto os alunos contra-atacavam com escárnio...

Algum dia tinha que enlouquecer, coitadinha da senhora...

Pierrot le Fou Says:
20 de março de 2009 às 20:21

Percebo a desolação da prof, um bom sonho... é tão raro!

Abraço.

Pierrot le fou

El Matador Says:
20 de março de 2009 às 21:39

Fallen: é isso.

Pierrot: podes crer.