A Síndrome de Pilatos

| terça-feira, 21 de julho de 2009 | |
Abrenúncio saiu de casa à pressa. Já estava atrasado para o trabalho. Desceu as escadas a correr e quando já dava à ignição do carro, lembrou-se de todas as pessoas que haviam tocado no corrimão naquele dia. Voltou para a casa em modo rapidíssimo e lavou energicamente as mãos: «mais vale prevenir que remediar». Chegou ao trabalho e seguiu para o seu cubículo de cabeça baixa evitando qualquer contacto com os colegas. O chefe de secção (e seu amigo) que andava há dias atrás dele para saber do andamento de certos relatórios, esticou-lhe a mão em cumprimento: « O que é feito de ti homem?». Abrenúncio, evitando claramente o aperto de mão, penteou o cabelo com os dedos e entregou de seguida os relatórios ao homem. A sua acção não passou despercebida, pelo que o Chefe logo o notificou por ter chegado atrasado. À hora de almoço, quando ia levantar dinheiro no multibanco, pensou nas pessoas que já haviam mexido na máquina e ficou agoniado. O que fazer? Olhou em volta e chamou um miúdo que andava por ali a brincar: «Dou-te dois euros se me fizeres um favor!» O miúdo disse que sim, que lhe levantava o dinheiro, e logo que se viu com o "guito" do outro na mão, desatou a fugir. Abrenúncio, com o estômago a dar horas, de volta ao edifícío onde trabalhava, deu de caras com Rita Lina, a miúda que andava a namorar há algum tempo. Quando esta o tentou beijar, Abrenúncio evitou a “bala” com um jogo de pescoço que envergonharia uma girafa. Recebeu uma chapada de mão aberta como recompensa e pensou: «é por uma boa causa.» De volta ao cubículo deu consigo a pensar no estalo de Rita Lina «será que ela tinha as mãos lavadas?» A tarde passou-a em sufoco, em constantes viagens do cubículo para o lavatório, evitando as mãos esticadas dos colegas pelo caminho «mas esta gente não pensa?»
Deitou-se naquela noite, depois de um banho reforçado, contente consigo próprio:«mais um dia que passou sem problemas de maior».

2 comentários:

roserouge Says:
22 de julho de 2009 às 00:35

Se o Pilatos lavou as mãos, quem é que foi crucificado?

El Matador Says:
22 de julho de 2009 às 08:05

A Paranóia.