A Viagem

| terça-feira, 12 de maio de 2009 | |
Estavam reunidos de emergência, na sua cela habitual: Romualdo, Zeferino, Anacleto, Abrenúncio e o recém-chegado Ildefonso. Tinham chegado aos ouvidos de Zeferino, que era o mais antigo do grupo, rumores de que El Matador iria sair em viagem. Estavam todos num frenesim de excitação quando Zeferino deu início aos trabalhos:
-Companheiros de Infortúnio, chegou-me a informação de que o nosso algoz vai de viagem! Pedi esta reunião de emergência porque, escusado será dizer que é uma oportunidade excelente para finalmente nos vermos livres deste lugar.
-Vai para onde? Quanto tempo?-Inquiriu Romualdo que começava já a delínear mentalmente um plano de fuga.
-As minhas fontes dizem-me que vai uma semana para Praga.-Respondeu Zeferino embuído da maior seriedade.
-É realmente uma oportunidade de ouro, não a devemos desperdiçar- Romualdo, esfregava as mãos e sorria maquiavelicamente.
Chegou a vez de Anacleto falar. Anacelto, o ponderado, olhou para os presentes um a um e depois soltou a bomba:
-Mas vocês esquecem-se que, se ele vai viajar, nós involuntáriamente acabamos por ir com ele.
Zeferino encostou-se à parede, lívido, e deixou-se escorregar para o chão. A realidade deixou-lhe as pernas bambas. Romualdo por seu lado desatou a dar cabeçadas na parede «foda-se, foda-se, foda-se», era-lhe difícil conceber como é que de um momento para o outro a esperança tornou-se desespero.
Abrenúncio abstinha-se sempre nestas reuniões. Manteve-se calado.
Ildefonso, a quem ninguém pediu a palavra afirmou simplesmente:
- Eu cá não me importo de ir, desde que nesse sítio os gelados sejam bons.

11 comentários:

paula'maria Says:
12 de maio de 2009 às 11:03

que final imprevisível :)

e boa viagem para ti, el matador.

El Matador Says:
12 de maio de 2009 às 11:58

Obrigado Paula.

roserouge Says:
12 de maio de 2009 às 12:07

Mas e afinal esses prisioneiros quem são? Os cabelos do peito?...ah, e curte bem. Praga é linda!

El Matador Says:
12 de maio de 2009 às 14:21

Obrigado Rose, os prisioneiros são os neurónios, os cinco que me restam.

roserouge Says:
12 de maio de 2009 às 18:34

Vá lá, ainda te restam cinco. Eu cá já só tenho dois, o Tico e o Teco, e estão a segurar as orelhas...

FacAfiada Says:
12 de maio de 2009 às 19:25

El Matador,
Dir-te-ia que precisavam de uma mulher para articular uma fuga perfeita ... mas se são os teus neurónios é dificil!

Eu chamava a Apolinária mas ela é tramada!

Boa viagem

El Matador Says:
12 de maio de 2009 às 19:38

É dificil planear uma uma fuga de nós próprios. É como um cão a tentar agarrar a cauda.

Apolinária, eis um nome interessante.

Joaninha Says:
18 de maio de 2009 às 13:52

Já voltas-te?

Como foi a viagem?

beijos

El Matador Says:
18 de maio de 2009 às 16:11

Volto na quarta-feira.

roserouge Says:
18 de maio de 2009 às 16:34

Ah, bom, então é por isso que dizes que andas a ver Samantas Foxes por todo o lado, rsrsrs...

El Matador Says:
19 de maio de 2009 às 03:05

Podes crer. Esta cidade é um atentado. Como se já não bastasse ser um Museu a céu aberto.