A Consulta

| quarta-feira, 2 de setembro de 2009 | |
- É este peso nas costas doutor, este peso que me encurva e me faz arrastar os ossos de bar em bar, de garrafa em copo...
- O senhor não tem nada nas costas, o senhor em primeiro lugar é parvo e depois tem tudo dentro da cabeça, e...segundo os meus registos tem também um karma dos mais pesados do país. O seu mal portanto é ser cabeçudo com mau karma, daí que o corpo lhe penda para a frente.
- Mau karma doutor? O senhor sabe que eu não acredito nessas coisas.
- Pois, eu também não sou doutor e no entanto o senhor não se cansa de me chamar assim. O senhor anda há anos a carregar o que nós na profissão chamamos de peso morto. Todo esse lixo que o senhor carrega dentro de si, essas pessoas que carrega consigo que não lhe merecem a boleia, todas essas lúgubres memórias, tudo isso é triste, tudo isso é lixo, tudo isso é fraco.
- Humm! Mas convenhamos doutor, não é assim tão fácil livrarmo-nos de memórias que nos custaram tanto a criar, a viver digo...
- O senhor gosta de Notre-Dame?
- Eu??? Mas porq...
- É que lhe está a crescer uma corcunda aí no cimo das costas.
- Diga-me depressa doutor, o que fazer?
- Primeiro: não me chame mais doutor.
- Check!
- Segundo: o que senhor precisa é dum clister cerebral.
- Um clister cerebral doutor? Mas então e isso aplica-se da mesma forma que...
- Não seja estúpido.

6 comentários:

brita Says:
2 de setembro de 2009 às 22:34

nice
há sempre alguém que sabe o k devemos fazer, ao karma...

El Matador Says:
2 de setembro de 2009 às 22:39

com um pouco de karma chega-se lá.

Post Mortem Says:
3 de setembro de 2009 às 09:14

muito bom. o que dizer mais sobre a dor fisica e mental.

El Matador Says:
3 de setembro de 2009 às 09:42

Nada.

Joaninha Says:
4 de setembro de 2009 às 15:29

A serio homem deixa-te de tretas e escreve um livro, de preferencia com este bocadinho que está genial :)

beijos

El Matador Says:
4 de setembro de 2009 às 17:49

Ehehe, obrigado Joaninha, sabes sempre como levantar o espírito de um indivíduo.