Autopsicografia Clínica

| quarta-feira, 28 de março de 2012 | |

- Ajude-me doutor que me doi aqui a poesia!
Já está: o médico já não trata só das dores nos ossos, nem do atrofio dos músculos, nem sequer das maleitas dos intestômagos; o clínico actual também trata da alma. O paciente já não é paciente, é ansioso e exige respostas imediatas, quer a nível da linguística quer a nível da metafísica.
Este que aqui vemos tropeçou num verso e deslocou uma rima. Há que medir os níveis silábicos e realinhar os quartetos com os tercetos. Corre o sério risco de infectar o Soneto se não forem tomadas as devidas precauções. Mas o médico que passou longas horas a estudar o luar sabe o que fazer para amenizar essa dor que vem de dentro e que arde sem se ver.
- Vá p'ra casa homem! – exorta o médico– E não pense mais nisso.
- Só assim doutor, não me passa nada para as dores?
O médico sabe ao que o doente vem, já lhe conhece as manhas «quer que eu lhe receite Pessoa, está viciado».
- Dois de Bocage: ao acordar e depois do almoço e um de Camões à noite. E nada de escrever verso livre depois das dez, ouviu? Volte cá daqui a duas semanas.
- Obrigado doutor – agradece o homem resignado: sai cabisbaixo mas aliviado, já não carrega nos ombros o peso do mundo, parte desse fardo deixou-o no consultório, com o médico, que já não sabe o que fazer com tanta desgraça.


Como não tenho por hábito oferecer selos (nem recebê-los), ofereço ao Catsoman esta pequena prosa em formato de posta cibernética. 

12 comentários:

Catsone Says:
28 de março de 2012 às 15:46

Killer, ma friend, como sabes gosto muito dos teus textos e este lembrou-me alguns dos meus onde pego em medicina e misturo com "coisas". Gostei imenso, como era de se esperar. Só peço desculpa pq acho que o senhor merecia um tratamento acessório com um Vinícius + um cheirinho de Espanca (este último poético e físico).

El Matador Says:
28 de março de 2012 às 16:13

Concordo com o tratamento acessório.

S.o.l. Says:
28 de março de 2012 às 16:52

E porque é que estes médicos não prescrevem logo o tratamento necessário??

Se era preciso tratamentos acessórios, ele tinha que se ter lembrado disso na altura.

Vai para tribunal por negligência médica!!!

:))

Catsone Says:
28 de março de 2012 às 17:08

Sol, não é negligência, é que neste tipo de medicina os tt's são muito subjectivos :D

S.o.l. Says:
28 de março de 2012 às 17:19

Desculpas, desculpas... como é que SNS há-de andar para a frente desta forma!!

:D

Brown Eyes Says:
28 de março de 2012 às 19:27

Hoje, mais que nunca, sangra a alma. Não dói apenas, sangra. Beijinhos

luisa Says:
28 de março de 2012 às 22:23

Com tanta poesia que lhe fica assim no consultório, esse médico já podia era editar um livro...:)

El Matador Says:
28 de março de 2012 às 22:25

uma Antologia

desejo Says:
28 de março de 2012 às 23:35

Bela metáfora.
Uma medicação a seguir.

:)

El Matador Says:
28 de março de 2012 às 23:38

todos os dias :)

Mz Says:
3 de abril de 2012 às 17:39

Ai os vícios!
Bocage ao acordar?
Acho que o vai atrasar para o trabalho... malandreco e solto como ele é na escrita.

Muito engraçado este post, o Catsone aqui um belo presente!
Sortudo.

El Matador Says:
3 de abril de 2012 às 18:11

é pra despertar melhor :)