Os Abutres

| segunda-feira, 1 de março de 2010 | |
O que abutres gostam é de carne. Carne queimada, carne moída, carne quebrada, nervo torto.
Perante a constatação da desgraça, a antevisão de lágrimas, dor e miséria, avançam salivando com as suas objectivas e pivots em garra. Escarafuncham nas feridas até o pus saltar amarelo e escorrer pelos abcessos infectos. Partilham com os vampiros o horário nobre e o gosto pelo sangue quente. Digladiam-se pelo direito ao pranto estridente de uma velhinha despojada de tudo, e partilham entre si o alarmismo e a histeria pandémica.
Estes abutres, nada têm a ver com as aves falconiformes necrófagas que limpam as carcaças dos outros animais porque é essa a sua natureza, não. Estes abutres, quando descascam um cadáver ou o que dele sobra, quando debicam o globo ocular de uma criança ensanguentada na rua, fazem-no em nome de uma outra espécie, dizem eles. Fazem-no unicamente para alimentar uma outra casta necrófila, que mantém com eles um perfeito mutualismo: o ignobilis sedentarius, vulgo sanguessuga de sofá, também ele sequioso de uma boa catástrofe alheia, mal passada de preferência.
- Gostas mais do pai ou da mãe? – Perguntaram à criança.
- Gosto de CARNE! – Respondeu.

4 comentários:

Brown Eyes Says:
1 de março de 2010 às 19:19

ahahahah logo vi que não falavas de abutres mas, pelo sim pelo não li até ao fim, podia estar enganada. Que fazer? Estão em causa as audiências e eles, esses que estão no sofá, deliram com carne. Mas porque deliram, os do sofá nem recebem nada? Esquisita esta espécie, não é?E se fossem eles a estarem no ecrã? Como seria?
Beijinhos

El Matador Says:
1 de março de 2010 às 22:06

Se fossem eles a estar no ecrã, seria aquilo que se vê nos reality shows,...Tás a ver? É assim, ganda cena...são os tais 15 minutos do outro.

Lala Says:
12 de março de 2010 às 21:51

Wow! Confesso que ao longo do texto me ias dando voltas ao estômago... e quando cheguei ao fim... desliguei a tv... não vá ela arrancar-me um olho!!

Muito bom! Aliás, como sempre!!

El Matador Says:
12 de março de 2010 às 21:56

Agora que as catástrofes naturais amainaram, atiraram-se ao míudo que se suicidou mas que afinal parece que não,...Ainda deve dar para mais uma semana.