Despertemos!

| sexta-feira, 21 de outubro de 2011 | |
Todos os dias de manhã, duas senhoras testemunhas de Jeová pedem-me encarecidamente para lhes jogar a literatura para o lixo. Passa-se mais ou menos assim:
- Bom dia jovem (gosto), importa-se de nos fazer um favor e jogar este exemplar do Despertai! para o lixo?
- Com certeza – Respondo educadamente, e imbuído de um espírito escoteiro que nunca tive lá carrego o panfleto até ao balde de lixo mais próximo. É uma sensação boa, esta de ajudar as pessoas logo pela manhã.
Agora para algo completamente diferente; Despertai!? A sério? Para acordar já tenho dois dispositivos lá em casa: um que me assusta, outro que me deixa em pânico, ambos são irritantes. Minhas senhoras, do que eu preciso de manhã é de um balde de café forte, mas como o médico me cortou a cafeína finjo que desperto com o sucedâneo descafeinado.
Como declaração de interesses devo ainda esclarecer que a única crença que me move é a do Unicórnio Cor-de-Rosa Invisível, como é atestado no frontispício. Gosto de seres místicos e alados. Ainda não o vi porque é invisível, tenho fé no seu poder porque consegue ser cor-de-rosa ainda que invisível, acredito que criou o mundo porque ainda não me provaram o contrário.

13 comentários:

Maria Says:
22 de outubro de 2011 às 13:13

xiiiiiiii, tá azedo isto. bebeste o café (que não é bem café) se açúcar! mas está certo ajudares as senhoras.

El Matador Says:
22 de outubro de 2011 às 13:50

Um indivíduo apanha com a palavra do Senhor logo de manhã, pronto.

desejo Says:
23 de outubro de 2011 às 18:50

Chatas essas mulheres.
Cada pessoa segue a religião que quer, mas não precisa de "metê-la" à frente do olhos dos outros. E a lenga lenga??!

:)

El Matador Says:
23 de outubro de 2011 às 20:10

Nem mais.

Briseis Says:
24 de outubro de 2011 às 11:11

E enquanto não provam o contrário, qualquer coisa pode ser...
E diz lá, caro Matador, que sorte a tua, na fé que tens... Pelo menos, o Unicórnio Invisível, aquele que se diz que é cor-de-rosa, nunca mandou os seguidores andarem aos pares pelas ruas a incomodar quem passa e a receber respostas tortas alternadas com desprezo... O Unicórnio é clemente e compassivo... Tem algumas semelhanças com o meu Big Boss lá das Alturas... =)

El Matador Says:
24 de outubro de 2011 às 11:18

O Unicórnio é o máximo.

. Says:
31 de outubro de 2011 às 04:25

Estou totalmente de acordo com você!

E viva o Unicórnio Cor-de-Rosa Invisível! :)

Beijo,
Ane

Catsone Says:
31 de outubro de 2011 às 15:59

Também tenho uma relação muito interessante com estes seres (os Jeovás, não os unicórnios [esses sei que existem]).
Já tive monólogos muito interessantes com alguns exemplares.
Podem não me salvar a alma, mas salvam-me o dia.

El Matador Says:
31 de outubro de 2011 às 16:40

@Anne: Viva

@Catso: Eu também gostava de interagir mais com elas, mas de manhã não dá.

Tulipa Says:
31 de outubro de 2011 às 18:34

matador, se continuares a fazer assim boas ações ainda vais parar ao céu...:)

El Matador Says:
31 de outubro de 2011 às 20:34

Ahahahahah, não tinha pensado nisso.

Mz Says:
4 de novembro de 2011 às 18:18

Malandreco!!!
Diexa-me dizer-te uma coisa... e sem ofensa!!!
Deixando de parte toda a questão de fé e atendendo apenas à lenda do "Unicórnio" (cor de rosa ou não), compreende-se a tua indiferença para com as duas senhoras... é que se fossem duas donzelas puras até seriam capaz de te domar :))

El Matador Says:
4 de novembro de 2011 às 18:21

Digamos que o despertar seria outro, :)