Como Quem Vai Para a Índia

| terça-feira, 28 de agosto de 2012 | |

Ao fim de sete anos à procura do Tibete, Abrenúncio cansou-se. As fronteiras estavam fechadas e o ar era rarefeito. Sentou-se numa pedra e poderia ter chorado, como o outro do livro do Paulo Coelho nas margens dum rio qualquer, mas, como não gostava de emular literatura rasca, em vez disso acendeu um cigarro. O fumo volteou pelo ar e com um olho fechado, forçando a perspectiva, Abrenúncio viu a montanha fumegar.
Que desilusão, pensou, agora ter que fazer o caminho todo de volta. Do Tibete ao Algarve ainda é um esticão.
A primeira coisa que fez foi tirar a roupa toda. Pensava melhor quando estava nú.  Descascado no Tibete – aqui está um título bom para um filme.
Poderia ficar ali, para sempre, a admirar de longe o Tibete, como o Dalai-Lama. Mas a santidade nunca foi o seu forte. O que ele queria mesmo era entrar por Lhasa adentro, pregar um estalo ou dois nos chineses e rezar à força toda no Palácio de Potala. Mas agora sentia-se cansado. Ao longe, no sentido Evereste–K2,  um anão voador cruzava os céus a uma velocidade estonteante. É um sinal! – Exclamou Abrenúncio – Volto para trás.

6 comentários:

Mz Says:
28 de agosto de 2012 às 19:32

Para tirares a roupa cheira-me a protesto.


:)

El Matador Says:
28 de agosto de 2012 às 19:58

de apoio às pussy riot.

Catsone Says:
28 de agosto de 2012 às 22:42

Tão perto do céu e o Abrenúncio volta para cá?! O Anão não é sinal nenhum, pôça, é uma coincidência.

Briseis Says:
29 de agosto de 2012 às 11:57

O Anão anda a aparecer vezes de mais... soa a praga. Há que lhe meter um tiro no papo...
Já agora, regressar pode não ser fácil ou apetecível, mas é melhor do que ficar sentado numa contemplação à espera que alguma porta ou fronteira se abra...

desejo Says:
30 de agosto de 2012 às 21:41

O número 7 é mágico, de bom presságio, dizem.
Não será o anão o sinal?

:)

El Matador Says:
30 de agosto de 2012 às 21:58

O anão pode ser um sinal se estiver na cara de um gigante :)

Não sei, já é a terceira vez que ele irrompe por um post adentro sem pedir autorização.